quinta-feira, 27 de março de 2014

Dica de livro: No país das sombras longas

            “No país das sombras longas” (Hans Ruesh, 208 páginas, Editora Record*) é um livro para quem está disposto a conhecer uma cultura sem sair de casa, entender o outro e filosofar sozinho depois de ler cada capítulo.

            O livro é baseado em fatos antropológicos reais. Os personagens nos lembram da passagem da vida, mas deixe de lado a noção cronológica do tempo, que deve ser superada desde o início, pois as noites nas regiões árticas chegam a durar meses.

            O livro retrata a vida de uma comunidade de Esquimós**. Os Esquimós são considerados um povo não violento que vivem num vasto território nas frias regiões árticas do Canadá, Alasca e Groelândia.

            Os termos são insuficientes para denominar a cultura. No livro o escritor Hans Ruesh (1913 - 2007), mostra o cotidiano de Ernenek e sua família, suas dificuldades, seus sucessos e desastres nos confundem e nos faz ver a realidade com outros olhos.

            Hans Ruesh nasceu em Nápoles na Itália, era piloto de automobilismo na Europa, mas pode mostrar sua vocação literária depois de ir para os Estados Unidos, fugido da Segunda Guerra Mundial.

            Embora lançado em 1996, o livro é muito atual e demonstra como a influência do “homem branco” pôde trazer consequências não somente ambientais, mas também culturais.  Vale a pena conferir.



* O valor do livro é 29,90 reais, no site da Livraria Cultura, mas nada impede de procurá-lo na biblioteca pública mais próxima.

** A palavra Esquimó é de origem indígena e significa o mesmo que “comedor de carne crua”, embora prefiram em geral ser chamados de “Inut” – o povo.  (Adaptado de Easy Street, citado no livro Passoword: English de Amadeu Marques, página 8 -9, trecho traduzido).

Quem quer passar no vestibular de importantes faculdades tem que se preparar para estar à frente dos que só vão pensar nisso quando voltar ...